O que é bom para acabar com calos e calosidades dos pés?

acabar com calos

A saúde dos seus pés é muito importante para o seu bem estar. Como são o principal apoio do nosso corpo, dores e problemas nos pés causam um enorme incômodo.

E, infelizmente, a maioria das pessoas ainda negligencia a saúde dos pés. Mas você precisa saber: não precisa conviver com essas dores e incômodos! A grande maioria dos problemas nos pés podem ser resolvidos marcando uma consulta com um podólogo.

Um dos problemas nos pés mais comuns são os calos e calosidades.

Eles aparecem devido ao atrito excessivo em pontos específicos dos pés. Ou seja, toda vez que a pele é agredida, ela ganha espessura como uma forma de proteção.

Essa defesa do seu corpo, no entanto, pode causar muito desconforto – tanto físico quanto estético.

Nesse artigo, você vai aprender mais sobre calos e calosidades, quais são suas opções de tratamento e o que você deve evitar para garantir a saúde dos seus pés.

Calos e calosidades: por que procurar um podólogo?

A melhor forma de tratar um problema é identificando sua causa para eliminá-lo de vez. Com calos e calosidades, isso não é diferente.

Mesmo que você remova os calos ou calosidades, se a causa do problema não for identificada, eles certamente voltarão.

Nem sempre as causas de calos e calosidades são apontadas facilmente. Seus pés são responsáveis pelo apoio de todo o seu corpo e, portanto, estão expostos a inúmeras fontes de pressão e tensão todos os dias.

Em muitos casos, problemas de postura ou desenvolvimento dos ossos estão envolvidos. Nesse caso, são necessárias intervenções mais específicas do que apenas remover os calos.

É aí que entra o podólogo. Esse profissional é especialista em pés, possui conhecimento e experiência para identificar o que está causando o aparecimento dos seus calos e calosidades.

Além disso, os procedimentos para remoção não devem ser realizados em casa. Com o acompanhamento do podólogo, você garante sua saúde e segurança.

Processos como o desbaste ou a aplicação de calicidas podem ser muito perigosos se realizados por alguém sem treinamento. Eles podem causar machucados e infecções, danos na pele ao redor dos calos e calosidades e até mesmo infecções.

Mas, principalmente, o procedimento de remoção não será eficiente se não for acompanhado por um podólogo. Como a causa não foi tratada, a medida não vai durar.

Como acabar com os calos e calosidades?

Uma vez que seu podólogo tenha identificado a causa do problema, ele poderá indicar diversos tratamentos diferentes. Cada caso é diferente, e por isso é tão importante contar com um profissional.

Por exemplo, os calos do dorso e entre os dedos dos pés são extremamente comuns. Em muito desses casos, após a remoção dos excessos, o podólogo poderá empregar a Ortoplastia.

Ou seja, o uso de uma proteção de silicone para reduzir o atrito no local – normalmente proveniente de sapatos ou postura inadequada.

 

Seu podólogo também poderá fazer recomendações em relação a hábitos que podem ajudar a prevenir o aparecimento de calos e calosidades, como o uso do calçado adequado, por exemplo.

Em outros casos, pode ser necessário o uso de calicidas para remoção. Os calicidas tratam-se de medicamentos compostos por ácidos próprios para essa finalidade, e só devem ser utilizados pelo podólogo.

A aplicação inadequada pode causar danos à pele saudável que circunda a área com calos. Então, não utilize calicidas em casa!

O mais importante, no entanto, não é a remoção do calo ou calosidade em si. Ao identificar a origem do problema, você pode tomar as medidas necessárias para que eles não voltem a aparecer.

Calos e calosidades: o que não se deve fazer?

Embora você possa encontrar inúmeras recomendações de procedimentos caseiros para acabar com calos e calosidades, é imperativo que você busque a orientação de um podólogo para qualquer problema nos pés.

Os métodos caseiros, além de ineficientes, podem piorar muito o quadro. Além disso, podem causar pequenos ferimentos que servem como porta de entrada para agentes infecciosos.

Como estão constantemente em ambientes quentes e úmidos – dentro de sapatos fechados, por exemplo – os pés são mais propícios a desenvolver infecções do que o resto do corpo.

Quanto às opções comerciais para tratamento, como adesivos e calicidas, é importante lembrar que além de serem perigosas para a pele saudável ao redor do calo, elas tratam apenas os sintomas.

Ou seja, mesmo que sejam aplicadas corretamente, os calos e calosidades voltarão em alguns dias.

Então, você deve evitar esses procedimentos se tiver calos ou calosidades:

  • Não tente fazer o desbaste dos calos e calosidades em casa. O problema irá voltar após um tempo e você pode acabar machucando os pés ou agredindo partes saudáveis da pele.
  • Nunca tente retirar calos e calosidades com objetos cortantes. Isso poderá causar ferimentos e infecções, além de piorar o caso devido à agressão à pele.
  • Não use calicidas em casa. Esses produtos contém ácido e podem danificar a pele saudável na aplicação.
  • Evite sapatos apertados ou que causam atrito excessivo em qualquer ponto dos seus pés.

É importante ressaltar: se você sente dor ou desconforto nos pés, mesmo que não consiga identificar nenhum calo ou calosidade, é fundamental consultar um podólogo.

A dor é um sinal de que algo não está certo, e quanto antes a causa for identificada, mais rápido você pode se ver livre deste desconforto.

Podólogos são profissionais de saúde, qualificados para realizar o diagnóstico e tratamento de seus calos e calosidades. E principalmente, poderão orientar você sobre a prevenção e tratamento da causa do problema.

Seus pés merecem todo o cuidado! Por isso, marque hoje mesmo sua avaliação.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Whatsapp