Dor nas unhas dos pés dos idosos

Dor nas unhas dos pés dos idosos

Por que eles sentem dor para cortar as unhas dos pés?

Procurando entender o motivo da dor nas unhas dos pés dos idosos?

A dor nas unhas dos pés dos idosos é um problema bastante comum. Saiba mais neste artigo.

É bastante recorrente a reclamação de dor nas unhas dos pés entre idosos. Principalmente quando membros deste grupo etário precisam cortar as unhas.

Essa dor, além de comum, pode interferir muito na qualidade de vida do paciente. Mesmo assim, grande parte dos idosos deixa de procurar tratamento, atribuindo o incômodo à “idade”.

Embora o processo natural do envelhecimento contribua para que as condições sejam favoráveis ao aparecimento de dores, como explicamos neste outro artigo, elas podem e devem ser tratadas!

Lembre-se: sentir dores constantes nunca deve ser considerado normal, independentemente da idade. Por isso, se seus pés ou unhas doem, marque hoje mesmo uma consulta com um especialista.

A seguir, você encontra tudo o que precisa para esclarecer suas dúvidas sobre a dor nas unhas dos pés dos idosos. Confira:

O que causa a dor nas unhas dos pés dos idosos?

Normalmente, a dor nas unhas dos pés dos idosos é decorrente de um dos principais efeitos do envelhecimento: a queda na capacidade de renovação celular.

Nos pés e unhas, o resultado desta renovação reduzida é um maior ressecamento. A falta de hidratação, por sua vez, causa o espessamento das unhas e as temíveis dores ao cortar.

É por isso que é importantíssimo sempre monitorar o aspecto das suas unhas. No caso de modificações na espessura, cor ou qualquer outra característica, é importante procurar um especialista.

Outro fator que contribui para a dor nas unhas dos pés dos idosos é a deficiência vascular. Esse é um problema comum entre pessoas mais velhas, e costuma tornar os pés mais sensíveis. Além disso, dificulta a cicatrização, podendo fazer com que lesões sejam mais graves.

 

-> Leia também: Por que idosos e diabéticos têm mais micoses e são mais difíceis de tratar?

Como é possível minimizar o desconforto da dor nas unhas dos pés dos idosos?

Não é porque a dor nas unhas dos pés dos idosos é comum que os pacientes devem simplesmente se acostumar com ela! Existem muitos tratamentos disponíveis para as dores nos pés.

Além disso, hábitos saudáveis e alguns cuidados podem atrasar o aparecimento ou prevenir as dores por completo. Veja:

  1. Beba água: a hidratação de dentro para fora é a melhor forma de manter seus pés – e corpo – saudáveis! Além disso, beber bastante água também melhora circulação, evitando inchaços e inúmeros outros problemas.
  2. Caminhe: caminhar melhora a circulação e ainda ajuda seu corpo a se manter ativo e funcionando corretamente. Essa é uma atividade física de baixo impacto que pode ser praticada por pessoas de todas as idades.
  3. Movimentos Diários: abaixe e levante os pés, e faça movimentos em círculos. O importante deste tipo de exercício é sentir que você está trabalhando a panturrilha.

Além desses hábitos saudáveis, vale a pena também se atentar a alguns cuidados específicos, que podem ajudar a prevenir a dor nas unhas dos pés dos idosos:

Cuidados básicos com os pés na terceira idade

  • Examinar e lavar diariamente os pés;
  • Secar bem os pés após o banho, principalmente entre os dedos;
  • Evitar água muito quente;
  • Cortar as unhas dos pés regularmente e em linha reta, não muito curtas. Caso haja risco de lesões ou se o dedo já estiver machucado, consultar um podólogo antes de cortar;
  • Manter os pés sempre hidratados;
  • No caso de calos, é importante evitar lixar o local, e principalmente ficar longe de objetos cortantes. Procurar um profissional especializado para tratar a causa do problema.

Escolhendo o sapato ideal para idosos

Um sapato inadequado pode causar calosidades, bolhas e lesões. E mais perigoso ainda: pode prejudicar o equilíbrio e mobilidade do idoso, provocando quedas.

Aprenda como escolher o melhor sapato para idosos e evitar características que potencialmente causam problemas:

  • Evitar calçados com costuras internas, que podem machucar os pés;
  • O espaço interno deve ser suficiente para acomodar os pés no final do dia, quando estão mais inchados;
  • Considerar adquirir ferramentas que auxiliam na hora de calçar, como as calçadeiras.
  • Preferir fechamento com velcro, tanto pela facilidade quanto para evitar que os cadarços apertem os pés;
  • O solado não pode ser escorregadio.
  • Sapatos que afinam na frente podem piorar muito a sensibilidade e a dor nas unhas dos pés dos idosos, além de contribuir para problemas como unhas encravadas.
  • Os sapatos devem ser confortáveis, não machucar e ser fáceis de calçar e fechar.

Um podólogo pode ajudar a tratar a causa do problema!

Essas dicas e cuidados, no entanto, servem para prevenir ou amenizar o problema de dor nas unhas dos pés dos idosos. O que fazer, então, se as dores já apareceram?

Uma coisa é certa: não adianta ficar aplicando compressas e cremes para a dor sem descobrir e tratar a causa do problema.

Por isso, é importantíssimo fazer o acompanhamento com um especialista. Esse profissional poderá identificar o que está causando a dor e te ajudar com os tratamentos.

Por exemplo, vamos assumir que a causa da dor nas unhas dos pés seja a mais comum, citada acima: o espessamento da unha devido a queda na reprodução das células.

O podólogo poderá utilizar diversos métodos de tratamento para afinar a unha novamente, reduzindo a sensibilidade. Além disso, ele te fornecerá orientações personalizadas sobre os melhores procedimentos para o seu caso, incluindo como escolher o melhor calçado e como manter os pés mais saudáveis.

Marque hoje mesmo uma consulta conosco. Seus pés merecem todo o carinho!

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Whatsapp