Foot Foward Summit 2018, conheça o encontro que traz as tendências nos cuidados com os pés

O Foot Foward Summit  foi idealizado pela Nails Magazine, revista americana que possui mais de 30 anos de experiência no setor. Informando técnicos de unhas licenciados e proprietários de salões com as últimas novidades em uma ampla variedade de tópicos, incluindo histórias de Técnica, Negócios, Estilo e Saúde.

O Foot Foward 2018 foi o primeiro evento dedicado somente aos pés, para o desenvolvimento dos serviços atualmente prestados e para melhorar os conhecimentos existentes.  O encontro de capacitação tem como objetivo conectar profissionais de unhas interessados ​​em aprender técnicas e cuidados avançados com os serviços de pés de forma geral e com especial atenção ao crescente número de clientes idosos e diabéticos.

Estiveram presentes médicos, fabricantes de produtos e técnicos de unhas que trabalham diretamente com os clientes e pacientes.

Podosafe marcou presença no Foot Foward Summit 2018 – EUA

O Foot Foward Summit 2018 foi o primeiro evento da Nails Magazine dedicado exclusivamente aos cuidados com os pés.  O encontro ocorreu no último mês de Agosto em Atlanta – Georgia, com a participação de profissionais de todo o país.

PodoSafe foi convidado a participar do evento pois o produto Podosafe,  emoliente de calos e calosidades que age de forma suave e saudável, pode assegurar melhores serviços, eliminando o uso de água.

O Podosafe elimina  calosidades sem a utilização de materiais perfuro cortantes, não causa ardência ou irritação na pele, tornando os serviços efetivos e relaxantes.

Neste artigo vamos compartilhar com os brasileiros o conhecimento adquirido neste encontro em Atlanta, Estados Unidos e as dicas de um Podiatra nos cuidados com os pés.

Evento tem como foco a conscientização sobre os cuidados com o pé

Um dos principais temas do evento foram os cuidados adequados para o pé do paciente com diabetes e os sintomas do pé diabético.

Este é um assunto que vem chamando cada vez mais a atenção dos profissionais, pois o tratamento dos pés dos diabéticos começa com o diagnóstico, conscientização e prevenção.

E a importância da união das Técnicas em Unhas com os Podiatras no tratamento dos pacientes. Todos se beneficiam com esta união. Veja o depoimento da Nina Down Patton abaixo.

Uma das palestras que mais chamaram atenção foi o seminário realizado pelo Dr. Bruce Pichler da Dahlonega Foot and Ankle Clinic.

 Dicas de um Podiatra para as Técnicas em Unhas

Nesta palestra, o médico conversou sobre vários problemas nos pés que técnicas em unhas podem detectar.

Pichler explicou alguns tópicos importantes na hora de identificar sintomas, e perceber quando pode ocorrer uma condição mais grave.

Um dos dados apresentados pelo médico foi a de que antibióticos tópicos, como NEBACETIN (Neosporin nos Estados Unidos), podem mascarar o quadro de infecção nas unhas dos pés em geral. O doutor apresentou um caso em que a infecção chegou ao osso, levando à amputação do dedo do pé de um jovem.

O conselho dado aos profissionais por Pichler, quando perceber um caso como este, foi recomendar  um escalda pés com uma solução que pode ajudar a conter a infecção até a consulta e o inicio do tratamento com o médico.

Segundo Pichler, uma escalda pés preparado com 2 copos de Sal Amargo, 4 litros de água e meio copo de vinagre, feito uma duas ao dia, pode conter a infecção de forma emergencial, até a data da consulta médica ou podológica.

Preste atenção nas suas Unhas!

Outro dado importante apresentado pelo médico é com relação a coloração da unha e os cuidados que se deve ter com este sintoma.

De acordo com Pichler, nem sempre uma descoloração na unha significa fungo. O diagnóstico de fungo deve ser realizado através de exame de cultura laboratorial e a coleta do material precisa ser feita por um profissional.

Pichler alerta que é importante que as técnicas em unhas e os demais profissionais que tratam o pé de forma estética, prestem atenção em alguns detalhes.

O médico acredita que estes profissionais podem salvar a vida de seus clientes se conseguirem detectar, por exemplo,  um câncer de pele e outras condições em estágio inicial.

Depoimento de Nina Down Patton- Profissionais devem trabalhar juntos para um melhor tratamento dos pés

Nina Down Patton, proprietária do salão Saiph Pro, falou para os participantes sobre a importância de trabalhar com um Podiatra. A empresária demonstrou como isto pode beneficiar os pacientes e os negócios e contou um pouco de sua experiência.

Conforme a técnica em unhas, o tempo em que ela trabalhou com o Podiatra, o benefício foi para os pacientes, o médico e para ela própria.  Picheler também abordou a importância da união entre o Podiatra, a técnica de unhas e o paciente.

  1. O Podiatra orientou as técnicas de unhas a reconhecerem alterações que podem causar riscos ao paciente, identificando o problema no estágio inicial, aumentando o sucesso no tratamento. O profissional que atua oferecendo serviços de pedicure vêm as solas dos pés de seus clientes com muito mais freqüência que o próprio, podendo ajudar a observar estas mudanças a manchas existentes e alertar, pois pode se tratar de um câncer de pele.

Foram ensinadas a observar o A, B, C, D e E: Assimetria, Borda, Coloração, Diâmetro e Evolução de manchas na sola dos pés. Mudanças bruscas na cor, na textura ou em outros detalhes que podem indicar urgência na procura de ajuda especializada.

  1. O paciente com diabetes precisa de cuidados especiais devido a própria condição. Podem apresentar problemas de mobilidade, sensibilidade e visão, o que dificulta a detecção de alterações nos pés. As técnicas de unhas, como é chamada nos EUA, poderão observar as alterações e alertar o paciente a procurar seu médico ou o Podiatra.

Todos se beneficiam quando trabalham em conjunto. Esta é uma tendência nos EUA e em algumas clínicas médicas americanas já é uma realidade de sucesso.

Quer saber mais sobre os pés diabéticos, leia a matéria:  Pé diabético, entenda o que são e como é feito o diagnóstico

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Whatsapp