Como fazer pedicure para os idosos: dicas e cuidados

Pés Idosos felizes

Como fazer pedicure para os idosos, dicas e cuidados, você sabia que os pés de idosos precisam de cuidados ainda mais especiais?

Os pés são responsáveis pela nossa locomoção. Por isso, eles merecem toda a atenção e cuidado. Isso é especialmente verdade na terceira idade, quando a capacidade de locomoção também representa autonomia – frequentemente associada à qualidade de vida para idosos.

Então, é importante ressaltar: a pedicure nos pés de idosos não pode ser feita por qualquer pessoa. É recomendado contar com um profissional especializado para evitar problemas e ferimentos.

A seguir, você aprenderá mais sobre como cuidar bem dos pés de idosos.

O que fazer (ou não fazer) na pedicure e quando é hora de marcar uma consulta com o podólogo. Confira.

Quais são as queixas mais comuns durante a pedicure para o idoso?

Com o passar dos anos, é muito comum observar o afinamento da pele e até mesmo diminuição das cutículas. Por isso, é preciso tomar muito cuidado para não machucar os pés de idosos.

O recomendado é realizar apenas a limpeza da cutícula, fazendo o máximo para não tirar muito a cutícula e nem realizar muita pressão nesta área.

A retirada de cutícula com alicate não é recomendada. Pode fazer a limpeza com Podosafe que não utiliza materiais perfuro cortantes.

Outra mudança frequente que acontece com o envelhecimento é o espessamento das unhas. É comum que, em pés de idosos, as unhas sejam mais duras e rachem com maior facilidade. Isso pode dificultar o corte e causar dor para o paciente.

O Podosafe, por ser um emoliente deixa a unha amolecida, enquanto estiver úmida com o produto e reduz ou até elimina a dor ao cortar as unhas dos pés de idosos. Além disto, pode fazer a limpeza das cutículas sem o uso de alicates ou materiais perfuro cortantes.

Assista no video de 2,5 minutos: https://vimeo.com/295680925

Como fazer a pedicure nos pés de idosos?

Se o procedimento de pedicure ou manutenção da pedicure for realizado em casa (por um cuidador, por exemplo), é muito importante seguir as seguintes recomendações:

  • Evitar tirar a cutícula ou tirar o mínimo possível, para não machucar os pés;
  • O mais recomendado é lixar a unha ao invés de realizar o corte. O corte inadequado pode resultar em ferimentos ou outros problemas;
  • Não utilize lixas de metal, que podem causar ferimentos, em especial nos pés de idosos;
  • Não utilize materiais compartilhados;
  • Em caso de micose, é recomendado procurar um podólogo para evitar a contaminação das unhas saudáveis e não agravar o problema.

 

É recomendado cortar as unhas em casa?

O corte caseiro não é recomendado, em especial no caso dos pés de idosos. Isso porque é muito mais difícil manter os instrumentos esterilizados da maneira apropriada em casa.

Além disso, quando o corte é feito por alguém que não é um especialista, é comum que seja realizado da maneira incorreta. Por exemplo, entrando demais nos cantos, em formato arredondado ou muito rente aos dedos.

Dessa forma, o ideal é marcar a consulta com um podólogo e, ou realizar a manutenção em casa apenas com lixas. Assim, você evita cortes ou microfissuras na pele, que podem agir como porta de entrada para microorganismos que causam infecções e inflamação.

Como manter os pés de idosos sempre saudáveis?

Além de realizar consultas mensais com o podólogo, existem alguns cuidados que o cuidador pode tomar em casa para manter os pés de idosos sempre saudáveis.

Primeiro, é importante cuidar dos instrumentos utilizados na pedicure. Sempre que possível, prefira opções descartáveis. No caso de lixas, por exemplo, prefira as lixas de papel. Assim, não há risco de cortes na pele e nem de contaminação.

No caso de pacientes com micose, é importante lixar primeiro as unhas saudáveis, deixando as contaminadas para o final. Descarte a lixa no final do procedimento para evitar que o fungo contamine unhas saudáveis.

Outro cuidado importante é manter os pés sempre secos. A umidade ajuda na propagação dos fungos. Por isso, sempre seque os pés de idosos com cuidado – em especial entre os dedos. Uma toalha de mão individual ou toalhas de papel descartáveis podem ser usadas para isso.

A hidratação também é importantíssima. Os pés de idosos normalmente têm a pele mais fina e seca. O ideal é utilizar um hidratante à base de óleo, mas nunca passar o produto entre os dedos.

O melhor horário para utilizar o hidratante é antes de dormir, já que isso elimina os riscos de escorregar.

Além da hidratação dos pés, é importante hidratar a unha para reduzir o ressecamento que causa a rigidez e o espessamento, causadores das dores ao cortar as unhas dos pés dos idosos. Use óleos de hidratação específico para unhas.

Seu podólogo poderá oferecer mais detalhes sobre os cuidados a serem tomados, além de indicar o produto ideal para utilizar como hidratante.

Quando é importante consultar um podólogo?

Os pés de idosos devem ser tratados preferencialmente por um profissional especializado. Eles estão mais sensíveis devido ao envelhecimento, além de sujeito a dores.

A saúde dos pés na terceira idade é importantíssima para a manutenção da autonomia, um fator frequentemente apontado como fundamental para a qualidade de vida em idosos.

Por isso, sempre consulte um podólogo. Em especial nos seguintes casos e procedimentos:

  • Necessidade de corte das unhas: quando as unhas estão muito endurecidas ou espessas para que o procedimento com a lixa seja o suficiente. É muito importante não cortar as unhas do idoso em casa, já que podem ocorrer lesões e rachaduras. Além disso, o corte inadequado pode causar dor, infecções e outros problemas.
  • Pacientes com diabetes: todo o cuidado com ferimentos é pouco quando o assunto são pés diabéticos. Isso é especialmente verdade em pacientes idosos.
  • Quando há fungos, inflamação, vermelhidão, rachaduras ou qualquer outra anormalidade nos pés ou unhas dos idosos. 

Além disso, é muito importante marcar consultas periódicas com o podólogo para o idoso.

Esse profissional está preparado para identificar possíveis problemas e resolvê-los da maneira correta, garantindo a saúde e autonomia para o paciente.

E mais, poderá fazer todas as recomendações necessárias para que o cuidador realize a manutenção dos procedimentos em casa sem colocar o idoso em risco.

Agende hoje mesmo uma avaliação. Cuide os pés dos idosos, eles merecem todo nosso cuidado e carinho!

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Whatsapp