Tudo sobre unhas encravadas: como evitar ou tratar este problema

unhas encravadas

Está procurando mais informações sobre o que fazer ou o que evitar quando o assunto é unha encravada?

As unhas encravadas podem ser extremamente dolorosas e incômodas. Saiba mais sobre como se prevenir neste artigo.

Muitas pessoas sofrem bastante com unha encravada. O problema é comum e doloroso.

Por sorte, é possível tanto tratar uma unha que já apresenta o problema quanto evitar que ele aconteça. Com alguns bons hábitos e cuidados, você pode se prevenir contra o aparecimento das unhas encravadas.

Quer mais dicas para manter seus pés sempre lindos e saudáveis? Leia também este outro conteúdo que preparamos para você! Calos e Calosidades: como se formam os calos dos pés, tipos e prevenção.

A seguir, você entenderá melhor quais são as possíveis causas das unhas encravadas, como tratar e principalmente, o que fazer para evitar que o problema comece! Confira:

O que são unhas encravadas?

As unhas encravadas, conhecidas clinicamente como onicocriptose, acontecem quando a borda de uma unha cresce de maneira a penetrar a pele do dedo.

A gravidade do problema varia bastante. Unhas encravadas podem causar dor, vermelhidão, inchaço ao redor da unha e até mesmo infecções mais sérias.

Quais são as causas das unhas encravadas?

Uma grande variedade de fatores pode causar ou contribuir para as unhas encravadas.

Comumente, o problema é causado quando é colocada pressão excessiva na unha. Alguns exemplos são sapatos apertados, deformidades do pé ou dos dedos também podem colocar pressão extra na área das unhas.

Outra causa comum das unhas encravadas é o corte inadequado. Quando as unhas dos pés são cortadas muito curtas ou as bordas são arredondadas em vez de cortadas retas, a unha pode virar e crescer para dentro da pele.

O formato natural da unha também contribui. Algumas pessoas nascem com unhas curvadas, que tendem a crescer para baixo.

Como você pode ver, as possíveis causas para as unhas encravadas são variadas.

Por isso, é fundamental agendar uma consulta com um podólogo. Esse profissional está preparado para identificar a causa do problema e, assim, recomendar o tratamento mais adequado!

Como tratar as unhas encravadas?

Se você tem unhas encravadas, é essencial marcar uma consulta com um podólogo. Isso porque, durante tratamentos caseiros, é possível que o paciente realize cortes inadequados ou exponha o local à bactérias ou outros contaminantes. Ambos são fatores que podem piorar o quadro, transformando ferimentos leves em infecções.

Em especial, devem procurar ajuda médica ao perceber o problema:

  • diabéticos, pois estão mais suscetíveis às infecções;
  • pacientes com a unha muito aprofundada na pele, inflamada ou com pus;
  • pacientes com inchaço e problemas de circulação no dedo afetado.

Como evitar que as unhas encravem?

O melhor remédio para unhas encravadas, sem dúvida, é a prevenção. Existem alguns cuidados simples que, quando se tornam hábitos, podem evitar que este problema apareça.

Confira as dicas para evitar unhas encravadas:

  • Não corte as unhas muito curtas;
  • Não corte os cantos das unhas para deixá-las arredondadas: o certo é manter o corte reto;
  • Use sapatos confortáveis: tanto modelos apertados demais quanto os que ficam muito largos podem exercer pressão sobre as unhas e pés, causando diversos problemas;
  • Fique de olho nos pés: a saúde dos seus pés merece atenção! Por isso, não deixe de observar o crescimento das unhas e aparecimento de possíveis lesões regularmente. Afinal, unhas encravadas também podem ser causadas pelo formato natural dos pés, dedos ou unhas.
  • Controle o peso: o sobrepeso é uma das causas mais comuns para unhas encravadas.
  • Deixe o pé respirar: não passar o tempo todo com sapatos fechados ajuda a manter seus pés saudáveis e livres deste e de outros problemas.

Como cortar as unhas do pé corretamente?

Veja os passos para cortar suas unhas do pé de modo a evitar unhas encravadas:

  • Deixe o pé em água morna para amolecer a unha;
  • Use um cortador de unha limpo e afiado – preferencialmente esterilizado;
  • Corte as unhas retas. Não arredonde os cantos ou corte-as muito curtas;
  • Não tente cortar a parte encravada da unha sozinho. Isso só vai piorar o problema;

Unhas encravadas inflamadas? Saiba o que fazer!

Caso você já sofra com uma unha encravada, é importante saber como agir se houver inflamação. Por isso, aqui estão as orientações que você precisa:

Caso a inflamação não apresente pus

Neste caso, você pode aplicar um tratamento em casa:

  1. Lave o pé com água e sabão;
  2. Realize a higienização do local, conforme recomendação do podólogo; normalmente, você deverá utilizar alguma solução antisséptica e cicatrizante.
  3. Não enfaixar ou fazer curativos. É fundamental que o local possa respirar.

E não custa reforçar: não tente utilizar métodos caseiros para levantar ou desencravar as unhas, especialmente se o local estiver inflamado. O ambiente e ferramentas caseiros não são adequados para o procedimento, podendo causar feridas maiores ou contaminação da lesão.

Caso as unhas encravadas estejam com pus

É essencial que você procure um podólogo imediatamente caso suas unhas encravadas apresentam pus. Este é um possível sinal de uma infecção mais grave, que precisa ser tratada da maneira correta.

O podólogo está apto a dar as orientações e, em casos mais graves encaminhá-lo, ao médico.

O que não fazer

A seguir, você encontra erros muito comuns entre pacientes com unhas encravadas. Evite essas ações para que não hajam complicações maiores:

  • cortar a parte da unha que está encravada;
  • cortar a unha em “v”;
  • colocar curativos;
  • tentar levantar a unha encravada em casa.

Estas medidas apenas pioram as unhas encravadas. Além disso, ainda aumentam o risco de infecção ou da unha encravar novamente.

Cuide dos seus pés e pare de sentir dor! Marque hoje mesmo uma avaliação conosco.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Whatsapp